Gestantes

Gerar um outro ser é realmente uma dádiva. O corpo da mulher vai se modificando ao gestar porque ele  cede gentilmente às solicitações necessárias para o desenvolvimento do  bebê.  Por isso, os cuidados com a saúde da gestante requerem conhecimentos específicos e muita atenção, já que ao longo da gestação ocorrem mudanças fisiológicas, biomecânicas, anatômicas e comportamental e com tantas alterações é natural que ocorram também muitos desconfortos.  

Então, se você deseja engravidar ou se já está grávida, é importante que saiba que  a Fisioterapia tem recursos para te trazer um maior conforto e segurança neste período. O objetivo é fazer com que a futura mamãe passe por cada fase, sentindo as alterações do seu corpo de forma mais tranquila e leve. E, se você acabou de ter o seu bebê, é possível trabalhar seu corpo, sua musculatura, sua respiração, sua postura, tudo para que você tenha melhor disposição e serenidade para desfrutar dessa nova fase que demanda muito da mamãe.

Agora, deixa eu te dizer porque é muito bom dar maior atenção ao corpo,  trabalhado-o de forma correta e peculiar durante a gestação e também após ganhar o bebê, independentemente se a opção de parto foi por natural ou cesária. Veja:      

  • Melhora a postura e a conscientização corporal, de forma a diminuir as dores lombares e pélvicas tão constantes na gestação, já que conforme a barriga se desenvolve o eixo corporal da gestante se modifica causando alterações posturais e consequentemente dores.
  • Trabalha-se o corpo como um todo, alongando, fortalecendo, relaxando e, com isso, prevenindo possíveis lesões e prepara a gestante para o pós parto, já que cuidar de um bebê demanda demais do corpo da mamãe.
  • Quando se trabalha o corpo, há um auxílio na diminuição do inchaço dos membros, principalmente membros Inferiores (pernas e pés);
  • Trabalha a respiração e o relaxamento;
  • O assoalho pélvico é sobrecarregado e muito recrutado durante a gestação e o parto, por isso recebe atenção especial no fortalecimento;
  • A paciente, mesmo com tantas alterações ocorrendo no seu corpo, passa a se sentir mais segura, porque percebe, à medida que ele é trabalhado, que os desconfortos físicos da gestação diminuem e que a disposição física no seu dia a dia melhora e se equilibra. Isso faz com que essa mamãe se sinta muito melhor preparada física e emocionalmente para receber o seu bebê e as demandas que vem com ele.