Rabo de Cavalo

O Rabo de Cavalo também conhecido como Ponytail, é considerado uns dos pioneiros entre os penteados. Simples e atemporal, esse clássico dos clássicos é democrático.  É muito fácil identificá-lo ao longo da história transitando por diversas ocasiões sem perder a classe, eu realmente gosto disso!

Mas, o que eu gosto mesmo neste penteado, é que por mais despojado ou mesmo na sua versão podrinho,  você ainda fica com o aspecto de “me cuidei”. Isso, claro, se você tiver o cuidado de prender o seu Rabo de Cavalo com algum acessório digno de estar no seus cabelos e jamais (risos), em tempo algum, com aquele elástico que serve para separar dinheiro na Casa da Moeda. Uma ótima forma de não cair nesse deslize é ter sempre algum acessório simples, porém bonito para fazer seu penteado, e sim, você também pode usar um bom elástico, desde que depois cubra-o com seu próprio cabelo. Deixe eu te falar, para mim Deus mora nos detalhes e, se ter capricho com as coisas é importante, ter capricho consigo mesmo é fundamental!

Desconheço alguém que não fique bem com Rabo de Cavalo. Suas várias versões como alto, baixo, desfiado, lateral, com abertura no meio, com abertura de lado, despojado, polido, simples etc,  ajudam a diversificar na produção. Não há estação do ano de sua preferência, mas não se pode negar que no verão prender os cabelos de uma maneira elegante não é nada mal.

Você também pode usá-lo a seu favor naqueles dias em que não deu tempo de lavar os cabelos e ainda assim você precisa estar minimamente apresentável, ou para aqueles dias em que o cabelo  resolve ter vida própria e se nega a ser domado. Seja em que situação for, casamento, trabalho ou lazer, o fato é que um Rabo de Cavalo bem feito, pode ser atrativo e é bonito de se ver!

Lembre-se: Deixe o seu melhor ser seu amigo!

Beijos com amor,

Vilna.

 

Fotos: Pinterest

 

Você também pode me encontrar:

Instagram: http://instagram.com/vilnamoreira

Fanpage: http://www.facebook.com/vilnamoreirablog

Deixe uma resposta