Renda, renda-se a ela!

Renda-se porque a Renda é um tecido que nunca saí de moda! Cada vez mais contemporânea, é hoje consagrada como ícone fashion e pode ser usada em várias ocasiões, de dia ou de noite, no trabalho ou no passeio e por ser delicada, deixa a mulher ainda mais feminina.

No Brasil temos ótimas rendeiras, mas como ela apareceu por aqui? Conta a história que a renda é um tecido de origem nobre, sendo o clero e a nobreza os únicos que a usavam, e que a rainha francesa Catarina de Médici foi a principal responsável por sua propagação no reino. Eu imagino que, além da sua indiscutível beleza, que essa seja a fonte da fama da renda francesa, que foi e ainda é muito usada aqui no Brasil, principalmente em vestidos de noivas.

Há vários tipos de renda e ela é capaz de transformar uma roupa comum em um look muito mais elegante e sofisticado. Existem peças para todos os gostos, corpos e ocasiões. Você não precisa ter uma roupa toda rendada, ela pode aparecer apenas em algum detalhe como uma barra, uma gola, um decote, uma manga, e a encontramos também em sapatos, sandálias e bolsas. Como é muito usada em lingeries ela pode ter um apelo sexy, portanto, fuja da renda que tenha essa aparência, prefira as mais encorpadas.

A renda também é uma ótima opção para festa, e ainda tem a vantagem de poder ser usada em qualquer horário, sendo ótima opção, por exemplo, para almoços mais formais, ou festa de casamento pela manhã!

Ela se harmoniza bem  com vários tipos de calçados e dependendo do modelo escolhido, você pode compor seu look  com sandálias, sapatilhas, rasteirinhas, scarpins ou tamancos. É necessário ter atenção para um detalhe importante: algumas rendas, devido ao seu desenho, dão a impressão de maior volume, e se você está acima do peso, escolha as que tiverem menos tramas.

Lembre-se: Seja você e deixe o seu melhor ser seu amigo!

Um grande beijo, Vilna.

Fotos: Pinterest.

 

Você também pode me encontrar:

Instagram: http://instagram.com/vilnamoreira

Fanpage: http://www.facebook.com/vilnamoreirablog

Deixe uma resposta